Município afirma que Ministério Público acatou denúncia anônima de que o evento desta quarta-feira (13), Dia do aniversário da cidade, seria para mais de 100 mil pessoas e sem as autorizações necessárias.

Prefeitura recorre para manter programação nos demais dias.

Diogo Nogueira se apresentaria nesta quarta (13), dia do aniversário de Cabo Frio, na Praia do Forte Guto Costa / Divulgação Os shows com o cantor Diogo Nogueira e Banda Rabuja que seriam realizados nesta quarta-feira (13), dia do aniversário de Cabo Frio, precisaram ser cancelados pela Prefeitura.

Os shows ocorreriam a partir das 19h na Praia do Forte e no Distrito de Tamoios. O motivo do cancelamento, segundo nota do município, foi o cumprimento de uma determinação do Ministério Público que acatou denúncia anônima sobre a falta das autorizações necessárias para a realização do evento, que atrairia público de mais de 100 mil pessoas. A Prefeitura afirmou que a expectativa era do evento reunir um público cinco vezes menor.

O município vai recorrer para que a programação nos demais dias seja mantida.

"A expectativa da Prefeitura é de que o evento atinja o público máximo de 20 mil pessoas, visto que trata-se de um feriado local.

A Prefeitura busca, agora, reverter a situação na justiça com a apresentação da documentação comprobatória e, assim, garantir a programação dos próximos dias", disse o município em nota. Há shows previstos até sexta-feira no segundo distrito e até sábado na Praia do Forte, sempre a partir das 19h, com artistas como João Gabriel, Naldo e o grupo Melanina Carioca. Nota da Prefeitura na íntegra: "A Prefeitura de Cabo Frio informa, por meio da Superintendência de Eventos, que os shows da Banda Rabuja e do cantor Diogo Nogueira, que seriam realizados hoje, dia 13, em comemoração pelo aniversário da cidade, serão cancelados em virtude de uma denúncia “anônima”, acatada pelo Ministério Público.

Segundo a denúncia, o evento seria para mais de 100 mil pessoas, sem as autorizações necessárias.

Entretanto, a expectativa da Prefeitura é de que o evento atinja o público máximo de 20 mil pessoas, visto que trata-se de um feriado local.

A Prefeitura busca, agora, reverter a situação na justiça com a apresentação da documentação comprobatória e, assim, garantir a programação dos próximos dias.

O governo lamenta profundamente o ocorrido, visto que toda a estrutura já está montada e pronta para receber a população. Em tempo, a programação de shows prevista para noite desta quarta-feira (13), em Tamoios, também precisou ser cancelada".